Amazonino Mendes : o Negão chegou, pela reconstrução do Amazonas voto 12!

Rebecca anuncia modernização na economia e na educação do Amazonas

16 de agosto de 2018 - Manaus (AM)

A candidata ao cargo de vice-governadora da coligação “Eu Voto no Amazonas”, a ex-deputada federal Rebecca Garcia (PP),  anunciou, nesta quinta-feira (16/08), em evento promovido pelo Conselho Regional de Economia (Corecon-AM), que ela e o candidato ao governo, Amazonino Mendes (PDT)  têm, em seu plano de governo,  um projeto para modernizar a lei  de incentivos fiscais do Estado  para desenvolver a indústria da construção civil no Estado, além do Polo Industrial da Zona Franca de Manaus, e os setores comercial e de serviços.

“Queremos as indústrias produzindo, os comerciantes vendendo, o trabalhador empregado e tendo sua casa própria, para promover uma cultura de paz”, disse a candidata, que representou o Amazonino no encontro com outros candidatos ao governo, promovido pelo Corecon-AM, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), zona centro-sul de Manaus.

Rebecca lembrou o trabalho realizado por Amazonino em dez meses de seu governo tampão e destacou o controle de gastos  do Estado, que gerou uma economia de R$ 300 milhões aos cofres públicos. “Cortando desperdícios foi economizado R$ 300 milhões, sem aumentar impostos”, disse.

Ela ressaltou que recebeu a missão de coordenar o plano de governo para os próximos quatro anos e que, caso eleita, ajudará  Amazonino nas áreas de saúde, educação e segurança. Ela também destacou a criação de mais escolas de tempo integral e de unidades públicas de ensino técnico profissionalizante, inicialmente, nos maiores municípios do Estado.

“Pensamos num plano de governo humanizado, sem perder de vistas a qualidade dos serviços públicos. Estamos unindo tudo aquilo que ele (Amazonino) tem de experiência e pensa para o futuro com  outras ideias também inovadoras. Estamos contentes com a criação das escolas técnicas estaduais. Este ano, 180 mil pessoas farão vestibular para universalidade pública. Destas, 170 mil, no melhor cenário, ficarão de fora. Então, se oferece a escola técnica para este novo momento da economia, com formação de pessoal para a indústria 4.0, para este momento que o polo industrial está vivendo”, destacou. “ Queremos gerar  oportunidade de emprego fora dessa classificação feita exclusivamente pelo vestibular tradicional. Vamos preparar esses jovens para que tenham um emprego”, completou a candidata.

Rebecca representou o governador Amazonino no debate

Além de Rebecca, compareceram ao evento os candidatos Wilson Lima (PSC); Lúcia Antony (PCdoB) e Berg da UGT (PSOL). O debate faz parte da Semana do Economista, promovida pelo Corecon, sob a coordenação do presidente da entidade, Francisco Mourão. No evento também foi entregue pelo Comitê de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois uma carta-compromisso para o pleito 2018.

Foto: Clóvis Miranda