Amazonino Mendes : o Negão chegou, pela reconstrução do Amazonas voto 12!

Amazonino diz que experiência está levando o Estado a vencer as dificuldades

25 de agosto de 2018 - Manaus (AM)

O candidato da coligação “Eu voto no Amazonas”, Amazonino Mendes (PDT), disse, neste sábado, que recebeu o Estado abandonado, em meio a um cenário nacional de crise econômica e política, e que já conseguiu reorganizar a estrutura e finanças do governo para fazer investimentos em infraestrutura, saúde, educação e segurança pública. Amazonino participou do lançamento da candidatura a deputado estadual do presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Wilker Barreto (PHS). 
 
Amazonino participou do evento acompanhado da candidata a vice-governadora da coligação “Eu voto no Amazonas”, Rebecca Garcia (PP), do candidato ao Senado, Alfredo Nascimento, e do candidato a deputado federal (PHS) Marcell Alexandre.
 
“Nós estamos vivendo um momento muito difícil. Hoje são 14 milhões de desempregados em todo o país. Arrebentaram o nosso país, que era tão bom, e o Amazonas seguiu o mesmo caminho. Os grupos não administraram o Amazonas, assaltaram o Estado do Amazonas. Foi quando foram buscar o velho, que diziam estar imprestável no fundo de uma rede. Esse velho está aqui e estava, às 6h da manhã, lá na Colônia Antônio Aleixo vendo asfalto chegar à comunidade. Este velho que vocês colocaram de volta no Governo organizou as finanças do Estado, que não deve mais nada a ninguém”, disse Amazonino.
 
O candidato destacou as realizações feitas em dez meses de Governo: convocação de 215 candidatos aprovadas em concurso para reforçar as equipes de segurança, 688 novas viaturas, e mais de 6 mil promoções na Polícia Militar, que não eram feitas há 15 anos. “Políticos acostumados a enganar o povo confundem vocês dizendo que a segurança é um problema do governo. É do governo sim, mas não de um governo de um ano, e sim dos governos que eles fizeram, que acabaram com a nossa segurança. Herdei a bagunça, e estou enfrentando. Ao contrário deles, eu tenho compromisso, respeito por ti e pelo futuro, penso no amanhã. Não dá pra tratar a segurança com achismo. Hoje as facções tomaram conta do país, e temos que combater de forma científica, técnica. Por isso é com orgulho que eu digo que fui buscar a melhor consultoria do mundo para preparar o futuro da segurança do Estado. Eu não fechei a polícia, eu melhorei e aumentei a polícia, diminuindo os índices de criminalidade”, ressaltou.
 
Para o candidato Wilker Barreto, a experiência de Amazonino como gestor público é essencial para enfrentar os desafios que o Amazonas vive atualmente. “Nós tomamos a decisão madura de marchar na fileira de um projeto para o Amazonas, com Amazonino, porque ele é o único neste momento que tem a experiência para pegar nesse manche e entregar daqui a 4 anos um governo estabilizado. Este homem construiu uma história no Amazonas. Assim como eu e a candidata a vice-governadora Rebecca, debatemos, divergimos, mas hoje comungamos em um só ideal: queremos que o Amazonas volte a se desenvolver”, afirmou.
 
Bandeiradas
 
Antes de participar da reunião que lançou a candidatura do presidente da CMM, Wilker Barreto (PHS), o candidato Amazonino, acompanhado de Rebecca Garcia e do deputado federal Alfredo Nascimento, candidato da coligação ao Senado, participou, junto dos correligionários da “Caravana do 12”, de bandeiradas e “adesivagens”, nas rotatórias do bairro São Jorge e da Bola do Eldorado, ainda no cruzamento das avenidas Constantino Nery com Pedro Teixeira. 
 
Na tarde deste sábado, Amazonino Mendes embarcou para Coari (a 360 quilômetros de Manaus), onde participará de atividades de campanha.