Amazonino Mendes : o Negão chegou, pela reconstrução do Amazonas voto 12!

Rebecca  anuncia Centro de Convivência para Mulheres

24 de setembro de 2018 - Manaus (AM)

A candidata a vice-governadora na chapa do governador Amazonino Mendes (PDT), Rebecca Garcia (PP), anunciou que o programa de governo da coligação ‘Eu Voto no Amazonas’ prevê a criação de Centro de Convivência para Mulheres, para oferecer desde atividades de lazer a cursos técnicos profissionalizantes e apoio jurídico e social. O anúncio foi feito em encontro com mães do bairro Alvorada, em Manaus.

Com seu importante histórico de trabalho em defesa dos direitos das mulheres, Rebecca Garcia conversou com as mães e profissionais especializados em partos humanizados sobre a sua missão de levar políticas públicas voltadas a transformar vidas de mulheres e homens do Estado. “Tenho como missão, ajudar o candidato Amazonino em trazer novas soluções para melhorar a vida de nossa população, com destaque para as mulheres”, disse.

A candidata lembrou que, há 15 anos, quando deixou o governo, Amazonino deixou  a saúde, a educação e a segurança funcionando bem no Estado. No ano passado, ao retornar ao governo, eleito pela maioria do povo,  encontrou todo o sistema em crise. Preocupada com o futuro do Amazonas, a candidata a vice-governadora aponta os cuidados que devem ser tomados na hora de escolherem os gestores. “É preciso que o candidato saiba dos problemas do povo e saiba resolver”, afirmou.

Segundo Rebecca, a partir do dia primeiro de janeiro de 2019, o governo implantará nove maternidades polos para atender a todas as mulheres do interior. O objetivo das maternidades, além de melhorar o acompanhamento do pré-natal, é elevar a qualidade de saúde da mulher, principalmente ao que se refere a câncer do colo de útero, doença que mais mata mulheres no Estado do Amazonas. “Mulheres saudáveis são famílias saudáveis”, acrescenta.

O Centro de Convivência para Mulheres dará espaço para sociabilizar, gerar emprego e renda. “Eu fiz e construí a minha vida política na defesa das mulheres do meu Estado. E, para mim, será uma missão cuidar da geração de emprego e renda das nossas mulheres”, disse Rebecca ao anunciar, ainda, a criação das Escolas Técnicas Profissionalizantes para ensinar profissões inovadoras em acordo com as demandas do mercado.